.Bem-vindo a Portugal no seu pior
Portugal não é só um país de maravilhas. Anda por aí muita coisa a precisar de arranjo: nódoas urbanísticas, atentados ao ambiente, estradas perigosas, poluição, espécies ameaçadas, etc. O "Tal&Qual" conta consigo para apontar as aberrações a precisar de acção mais rápida. Neste blog, pode consultar as escolhas de alguns convidados, indicar as suas, comentar, debater e até votar. Ajude-nos a chamar a atenção para o que está mal.
.Aberrações recentes

. Quarteira vence “As Grand...

. "O meu estádio é bonito"

. André Sardet

. Arons de Carvalho

. Paulo Andrade

. Adolfo Luxúria Canibal

. Fernando Negrão

. "Ninguém mexe no ninho"

. Leonel Moura

. Anthímio de Azevedo

. Miguel Relvas

. Polémico e estranho "piri...

. Isaltino Morais

. Teresa Caeiro

. Carlos do Carmo

.Arquivos
.tags

. todas as tags

.Outros locais pouco recomendáveis
Quarta-feira, 20 de Junho de 2007
Simonetta Luz Afonso

Presidente do Instituto de Camões

 

1- Destruição da Igreja de Joane

2- Descaracterização da Av da República em Lisboa

3- Edifício que a APL está a construir no Cais do Sodré

4- Urbanização  massiva e desqualificada de alguns lugares da Costa do Sol, do Algarve e da Costa da Caparica

5- Despovoamento de alguns Centros Históricos de cidades do País, designadamente Lisboa

6- Número de rotundas e de "fontes monumentais" por metro quadrado de alguns dos Municípios deste País

7- Ausência de qualidade e de critério na escolha e colocação de  "arte pública" na generalidade das cidades deste País

 

publicado por talequalmente às 13:38
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De manuel martins a 22 de Junho de 2007 às 20:28
A demolição da igreja de Joane ,que Simonetta Luz Afonso indica em 1º lugar na lista de Aberrações, ocorreu há já muitos anos (somos todos bons a esquecer) mas é daquelas coisas que nos devia ainda hoje fazer corar de vergonha. Destruir uma igreja românica do sec. XII ( do início da nacionalidade ), para mais num país pobre de monumentos dessa época, é uma barbaridade inqualificável, ao nível da destruição das estátuas centenárias de Buda pelos talibans no Afganistão. Parece que a igreja se encontrava em propriedade privada e foi totalmente demolida quase de um dia para o outro.E, tanto quanto me lembro, ninguém foi responsabilizado, nem civil nem criminalmente, pelo feito.São necessárias quantidades industriais de incultura, ignorância, incúria,ganância e estupidez acumuladas para que tal tivesse sido possível.Merece bem o primeiro lugar das aberrações por que todos nós, portugueses, como nação, somos responsáveis.

Comentar post

.Não fique calado!
Faça perguntas difíceis. Apresente as aberrações que conhece. Discuta e faça sugestões. Disponha sempre do nosso mail: equipatalequal@sapo.pt
.Procure aqui a sua aberração preferida