.Bem-vindo a Portugal no seu pior
Portugal não é só um país de maravilhas. Anda por aí muita coisa a precisar de arranjo: nódoas urbanísticas, atentados ao ambiente, estradas perigosas, poluição, espécies ameaçadas, etc. O "Tal&Qual" conta consigo para apontar as aberrações a precisar de acção mais rápida. Neste blog, pode consultar as escolhas de alguns convidados, indicar as suas, comentar, debater e até votar. Ajude-nos a chamar a atenção para o que está mal.
.Aberrações recentes

. André Sardet

. Arons de Carvalho

. Paulo Andrade

. Adolfo Luxúria Canibal

. Fernando Negrão

. Leonel Moura

. Anthímio de Azevedo

. Miguel Relvas

. Isaltino Morais

. Teresa Caeiro

. Carlos do Carmo

. Pires de Lima

. Baptista-Bastos - Uma lis...

. Amaral Lopes

. Nuno Baltazar

.Arquivos
.tags

. todas as tags

.Outros locais pouco recomendáveis
Website Counter
Sexta-feira, 10 de Agosto de 2007
Jorge Silva Melo

Encenador e realizador
1. Alameda das Linhas de Torres e o bairro que cresceu à volta dos Laboratórios da Tobis. Provavelmente o local mais feio do mundo.

2. O estádio do Sporting e as ruas que lhe dão acesso ou dele se afastam, túneis, pontes, viragens à esquerda e à direita, uma confusão.

3. A estátua do José de Guimarães em Braço de Prata. Mais feio, pindérico, desproporcionado, oportunista não há.

4. A estátua da Praça do Areeiro. E eu que nem gosto do PSD e do seu fundador, Sá Carneiro...

5. As avenidas Novas a partir das 7 da tarde, sobretudo do lado da Culturgest, nem vivalma, um desespero, uma angústia. E aos sábados e domingos?

6. O Terreiro do Paço-Estação Sul e Soeste agora, com metro ou sem metro, uma balbúrdia.

7. O Ministério da Cultura em qualquer um dos seus departamentos, Palácio da Ajuda ou Teatro Nacional D. Maria II, uma nojeira.

publicado por talequalmente às 00:00
link do post | comentar | favorito
Mário Frota

Presidente da Associação Portuguesa de Direito do Consumo

1. O Desordenamento Geral do Território

2. As Ribeiras dos Milagres que proliferam por este País de falsos crentes

3. O monumento ao 25 de Abril

4. O memorial de Sá Carneiro, ao Areeiro

5. Estação de Coimbra -B

6. Quarteira

7. O Mausoléu da Caixa Geral de Depósitos

publicado por talequalmente às 00:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Agosto de 2007
Carlos Tuta

Presidente da Câmara Municipal de Monchique

1. Prédio Coutinho, Viana do Castelo

2. Armacão de Pêra

3. As casas dos imigrantes com telhas e inclinações a lembrar a arquitectura suíça ou alemã

4. Os bairros dos centros históricos que estão completamente abandonados

5. A floresta portuguesa no seu geral, devido ao abandono a que está votada por particulares e pelo Estado

6. O estado em que se encontra a reserva ecológica nacional, sobretudo devido à falta de actualização

7. Torres de Ofir, Esposende

8. Hotel da Praia de Altura, concelho de Castro Marim

 

 

publicado por talequalmente às 13:23
link do post | comentar | favorito
Romão Lavadinho

Presidente da Associação Inquilinos Lisbonenses

1.      Pintura do Forte de Sagres (há 8 ou 10 anos, tempo em que Santana Lopes era Ministro da Cultura) - Descaracterizou o monumento

2.      Construções em Armação de Pêra - descaracterizou a "paisagem" da localidade

3.      Monumento ao Infante (estátua), em Lagos

4.      O “Pirilau”

5.      Torres das Amoreiras - bairro antigo descaracterizado por estes edifícios

6.      Torres no Parque das Nações - tapam a vista à população

7.      Torres em Ofir (Esposende)

 

publicado por talequalmente às 13:08
link do post | comentar | favorito
Gonçalo Pereira
Editor executivo "24 horas" ex-director do "Tal&Qual"

1.      Estádio do Algarve

2.      O “pirilau” no Parque Eduardo VII, em Lisboa

3.      Gare do Oriente - é bestial, se fosse uma estação de comboios. Trata-se de um apeadeiro e Portugal não tem dinheiro para apeadeiros daqueles. Tanto asim que nem o metro, nem a CP, nem a Camara de Lisboa a querem e estão todos a tentar vender a sua participação. De resto, está metida entre um prédio e um monte de terra e ninguém a vê. 

4.      Avenida da Repúplica, em Lisboa

5.      Prédio Coutinho, em Viana do Castelo

6.      Igreja de Sta. Maria em Marco de Canavezes

7.      Armação de Pêra - Algarve

 

publicado por talequalmente às 12:52
link do post | comentar | favorito
Maria João
Cantora
1.      Busto de Duarte Pacheco no princípio da auto-estrada de Cascais – monstruoso
2.      Busto de Sá Carneiro, no Areeiro
3.      “A coisa do Cutileiro”
4.      Ex BNU na Av. 5 de Outubro
5.      Cimenteira do Outão, na Arrábida
6.      Construção desenfreada no Algarve (Quarteira e Praia da Rocha)
7.      As aberrações construídas nas rotundas
8.      CascaisVilla – Cascais é tão bonita e de repente aquela monstruosidade
publicado por talequalmente às 12:36
link do post | comentar | favorito
Medina Carreira

 Professor universitário e ex-ministro das finanças

1. Prédio da Cosec, na zona do Campo Pequeno, Lisboa

2. Dois prédios que estão a ser construídos na Infante Santo, Lisboa, mesmo em frente um ao outro.

3. Torres Gémeas, em Sete Rios, Lisboa

4. Hotel Alfa

5. Ponte das Lezírias, por não permitir a passagem de barcos

publicado por talequalmente às 12:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 27 de Julho de 2007
Elidérico Viegas

Presidente da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve

1. Obras inacabadas da Fortaleza de Sagres

2. Prédio Coutinho

3. Frente ribeirinha de Lisboa, uma cidade de costas para o rio

4. Projecto do aeroporto da Ota

5. TGV Lisboa/Porto

6. A não realização da barragem de Foz Côa

7. Políticas de ordenamento do território que promovem a desertificação e desigualdades

publicado por talequalmente às 12:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Moisés Espírito Santo

Prof. Univ. Nova de Lisboa – Sociologia das Religiões

1.  Ponte da Lezíria - por não permitir a passagem de barcos

2.  Museu e barragem de Foz Côa por não funcionarem

3.  Parque Sensorial da Pia do urso, em S. Mamede da Serra (Batalha) – uma aldeia construída para cegos onde não existe nenhum

4.  Estrada desviada um km para passar mesmo em frente ao Mosteiro – é uma aberração à frente de uma maravilha

5.  Construção na falésia de Sesimbra de habitação e hotéis

6.  Prédio na encosta da Nazaré – cerca de 12 andares, desvirtua a Nazaré

7.  Projecto da Mata de Sesimbra – vai destruir a mata e as aldeias para construção de habitação, hotéis e campos de golfe  

 

publicado por talequalmente às 12:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Joanaz de Melo

Dirigente do grupo ambientalista Geota e professor universitário na área da Engenharia do Ambiente

1. Ponte Vasco da Gama pela má relação custo/benefício. Adiou 15 ou 20 anos a resolução do problema da travessia do Tejo.

2. Alqueva, pela má relação custo/benefício. O projecto tem virtudes, que é o controlo sobre o Guadiana, mas também aspectos negativos, uma vez que se trata de um projecto insustentável do ponto de vista económico e ecológico, baseado num conceito dos anos 50.

 

3. Os chamados projectos de interesse nacional usados para pôr em causa as regras de ordenamento do território, em que um dos exemplos é o Projecto Costa Terra, no litoral alentejano. A explicação de que um projecto é bom porque nele vão ser investidos vários milhões é uma má abordagem.

 

4. Três grandes áreas urbanas e suburbanas, pelos maus exemplos de ordenamento do território:

Área Metropolitana do Porto, a faixa litoral centro do Algarve e a Área Metropolitana de Lisboa

 

5. A destruição dos solos do Alentejo com as chamadas Campanhas do Trigo que decorreram na época do Estado Novo, mas cujos efeitos perduram e perdurarão ainda durante alguns séculos. O cultivo intensivo de cereais no interior do Alentejo, em terrenos não apropriados, roubou, nalguns casos, um metro de altura dos solos.

 

6. O projecto da barragem do Baixo Sabor, o único rio selvagem em Portugal. Este projecto foi “vendido” com o argumento de que evitaria a emissão dos gases prejudiciais ao efeito de estufa. Em termos económicos é ruinosa. Se o que se iria gastar, fosse investido em equipamento para poupar energia, permitiria uma poupança 10 vezes superior.

 

publicado por talequalmente às 12:42
link do post | comentar | favorito
Jorge Morgado

Secretário-geral da Deco

Monumento ao 25 de Abril, no Alto do Parque Eduardo VIII.

publicado por talequalmente às 12:40
link do post | comentar | favorito
Francisco Moita Flores

Escritor e Presidente da Câmara Municipal de Santarém

1. Poluição no rio Alviela

2. Cimenteira da Arrábida

3. Assoreamento do rio Tejo

4. Construções na zona da Costa da Caparica

5. Foz Côa por estar sem barragem e sem turismo

 

publicado por talequalmente às 12:11
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Julho de 2007
Alice Vieira

Escritora

1.  Martim Moniz

2.  Monumento ao 25 de Abril

3.  Estátua de Sá Carneiro

4.  Estádio do Sporting

5.  Cristo Rei

6.  Torres de Ofir

7.  Brandoa

publicado por talequalmente às 13:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Pedro Choy

Presidente da Associação Portuguesa de Acupunctura e Disciplinas Associadas

1. Túnel do Metro do Terreiro do Paço, pela forma pouco cautelosa como foi feito e os custos acrescidos que isso implicou

2. A destruição do Convento dos Inglesinhos, do século 17, em Lisboa, para ali construir 30 apartamentos de luxo

3. O estádio do Sporting. O seu exterior lembra as casas de banho dos portugueses

4.  A sinalização rodoviária no geral

5. O Palácio da Falcoaria Real, em Salvaterra de Magos, um edifício único, classificado como Património Cultural e que continua à espera da reconstrução há mais de 30 anos.

publicado por talequalmente às 12:57
link do post | comentar | favorito
Pedro Tadeu

Director do jornal "24 horas"

1. Prédio na Covilhã desenhado pelo pai de José Sócrates, o arquitecto Fernando Pinto de Sousa

2. A urbanização de Agualva-Cacém

3. Estádio do Sporting, em Lisboa

4. A cimenteira da Secil na serra da Arrábida

5. O Prédio da Segurança Social em Viseu

6. Sede da Caixa Geral de Depósitos, em Lisboa

7. A urbanização de Quarteira

 

publicado por talequalmente às 12:39
link do post | comentar | favorito
.Escolha. Debata. Vote!
.Não fique calado!
Faça perguntas difíceis. Apresente as aberrações que conhece. Discuta e faça sugestões. Disponha sempre do nosso mail: equipatalequal@sapo.pt
.Aberração da semana


"Apeadeiro" do Oriente
.Vídeos sugeridos por leitores


Cristo Rei
.Cidadão-Jornalista

Sónia Caldas é a cidadã jornalista que nos mostra as "escadas improvisadas" de Agualva.

"Viver na Alta de Lisboa" é o nome do blogue bem informado desta seman que diz tudo.

Praia da Rocha
Aeroporto da Ota
Quarteira
.Aberrações mais populares

Av. da Liberdade em Lisboa

Construção desordenada na Costa da Caparica
Quarteira
.Procure aqui a sua aberração preferida
 
.O último "Tal&Qual"


Clique para ampliar