.Bem-vindo a Portugal no seu pior
Portugal não é só um país de maravilhas. Anda por aí muita coisa a precisar de arranjo: nódoas urbanísticas, atentados ao ambiente, estradas perigosas, poluição, espécies ameaçadas, etc. O "Tal&Qual" conta consigo para apontar as aberrações a precisar de acção mais rápida. Neste blog, pode consultar as escolhas de alguns convidados, indicar as suas, comentar, debater e até votar. Ajude-nos a chamar a atenção para o que está mal.
.Aberrações recentes

. Quarteira vence “As Grand...

. "O meu estádio é bonito"

. André Sardet

. Arons de Carvalho

. Paulo Andrade

. Adolfo Luxúria Canibal

. Fernando Negrão

. "Ninguém mexe no ninho"

. Leonel Moura

. Anthímio de Azevedo

. Miguel Relvas

. Polémico e estranho "piri...

. Isaltino Morais

. Teresa Caeiro

. Carlos do Carmo

.Arquivos
.tags

. todas as tags

.Outros locais pouco recomendáveis
Website Counter
Quinta-feira, 21 de Junho de 2007
Nota

Gostaríamos de informar os nossos visitantes que a equipa "T&Q" não tem qualquer reponsabilidade pelas aberrações escolhidas pelas personalidades que colaboram nesta iniciativa.

Limitamo-nos a colocar on-line as respostas que nos chegam.

tags:
publicado por talequalmente às 17:05
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Mimi a 21 de Junho de 2007 às 21:29
A minha escolha é fácil qto a aberrações:
1- Conformismo português e Ganância lusitana.
2- Governos e seus Deputados.
3- Parasitas económicos e sociais.
4- Jobs for the boys vence mérito próprio.
5- Recibos verdes.
6- Jovens sem Futuro.
7- ... por culpa de mentalidades velhas e de velhas pessoas com um egoísmo extremo que deram erros sem retorno.

Solução: Já o povo dizia: Mata-se o animal e acaba-se a peçonha. Porém, não vivemos em tempos antigos e essa não pode ser a solução (Direitos Humanos e blá blá blá). O povo tem de deixar de estar de braços cruzados a ver a sua vida arruinada por meros senhores do dinheiro. Há solução. E para bom entendedor, meia palavra basta.
De Armando Martins a 22 de Junho de 2007 às 21:58
Tenho muitas dúvidas de quase tudo que vejo em blogs. Mas gostaria de contribuir com a minha experiência, na área das superstições , porque só acredito no que vejo. Isto vem a propósito do falso padre, (Agostinho Coutinho Caridade) que conheço pessoalmente, bem como a sua familia.Sabem como ele enveredou pela carreira de "vigarista"?
Porque sabia da ignorância da sociedade que o rodeia . Até saiu em liberdade depois de ouvido pelo magistrado. Será que a instituição da Igreja não emite uma carteira profissional, após a ordenação do sacerdócio ? Pelos vistos só não.
De Mariana a 21 de Junho de 2007 às 22:13
Reponsabilidade não tem e responsabilidade?
De Mariana a 21 de Junho de 2007 às 22:14
E responsabilidade tem?
De Manuel da Gaita a 21 de Junho de 2007 às 23:13
Porque é que um gajo para comentar aqui, quase lhe exigem para criar um blog no Sapo?

Num pais onde dão o nome de uma vitima da aviação a um aeroporto (Sá Carneiro) e agora querem fazer outro num campo de tiro (Alcochete), faz deste pais uma espécie de aberração contra-natura .

Numa nação onde dão aos navegadores nomes de rodovias (Via do Infante) e pontes (Vasco da Gama), esse país só pode ser considerado uma espécie de Entrocamento à escala global. Cheia de casos esquisitos, cómicos e revoltantes, mas na maior parte das vezes apenas um lastimar "se fosse de outra maneira teria corrido melhor".

Somos um país que se orgulha muita da forma de arrotar, de peidar , de fazer amor, onde Zézés Camarinhas são capa de revista e onde tudo gira à volta do futebol, e assim Portugal não terá futuro nem Novas Oportunidades. Ressalvo aqui o chouriço, a queijada, a sardinha e o vinho, para não falar do icon nacional chamado Galo de Barcelos, que efectivamente são produtos nacionais de reconhecida qualidade em todo o mundo. Mas são um segredo muito bem guardado e serão a chave do sucesso do V Império.

Nos casos extremos, também somos capazes de opinar sobre quem nos governa, mas sempre para dizer mal. É o meu caso. Elegemos os gajos, mas depois está tudo mal feito. Elegemos o Sócrates sem ler o programa eleitoral e depois queremos que ele não o cumpra.

Num país onde um concurso rasca mas pretencioso , elege como melhor português de sempre um ditador, não merece melhor sorte. E mais grave ainda, é quando os analistas não sabem distinguir o que é um concurso de uma eleição.

Ainda não sei muito bem se a culpa é de Portugal ou dos portugueses, ou se, existem culpados. Talvez seja um designio nacional, o nosso fado, a nossa forma de estar na vida. A estranha sensação masoquista de nos dar gozo sermos os piores nalguma coisa. A certeza de que se os outros conseguem fazer mal, nós conseguimos fazer bem pior.

Há 20 anos, era eu chavalo , e o Tal & Qual era o meu jornal de referência, aquele com quem eu me identificava. Não sei se fui eu que me modifiquei, se foram os conteúdos do jornal que se modificaram e deixaram de ter interesse para mim. Sempre que aos Sábados vou comprar o Expresso e o Sol, dou uma olhadela na capa do T&Q na esperança de novo me cativar. Mas não, e a esperança fica adiada para a semana seguinte.

Peço desculpa de 3 coisas:
1. pelos erros ortográficos mas estou a escrever sem corrector ortográfico.
2. pela forma, mas não sou jornalista e estou a escrever ao correr da pena (neste caso do teclado)
De Mimi a 26 de Junho de 2007 às 21:28
Caro Manuel,
Há poucos, e identifico-me no grupo, que querem mudar as coisas e que lutam todos os dias para que sobretudo interesses económicos e políticos não nos cortem as pernas. Não é só criticar e dizer umas verdades. Há que agir camufladamente para atingir através do efeito surpresa o podre da raíz de forma a poder arrancá-la.
De rui_amaral a 22 de Junho de 2007 às 14:34
É o chamado "sacudir a água do capote".

Comentar post

.Escolha. Debata. Vote!
.Não fique calado!
Faça perguntas difíceis. Apresente as aberrações que conhece. Discuta e faça sugestões. Disponha sempre do nosso mail: equipatalequal@sapo.pt
.Aberração da semana


"Apeadeiro" do Oriente
.Vídeos sugeridos por leitores


Cristo Rei
.Cidadão-Jornalista

Sónia Caldas é a cidadã jornalista que nos mostra as "escadas improvisadas" de Agualva.

"Viver na Alta de Lisboa" é o nome do blogue bem informado desta seman que diz tudo.

Praia da Rocha
Aeroporto da Ota
Quarteira
.Aberrações mais populares

Av. da Liberdade em Lisboa

Construção desordenada na Costa da Caparica
Quarteira
.Procure aqui a sua aberração preferida
 
.O último "Tal&Qual"


Clique para ampliar