.Bem-vindo a Portugal no seu pior
Portugal não é só um país de maravilhas. Anda por aí muita coisa a precisar de arranjo: nódoas urbanísticas, atentados ao ambiente, estradas perigosas, poluição, espécies ameaçadas, etc. O "Tal&Qual" conta consigo para apontar as aberrações a precisar de acção mais rápida. Neste blog, pode consultar as escolhas de alguns convidados, indicar as suas, comentar, debater e até votar. Ajude-nos a chamar a atenção para o que está mal.
.Aberrações recentes

. Quarteira vence “As Grand...

. "O meu estádio é bonito"

. André Sardet

. Arons de Carvalho

. Paulo Andrade

. Adolfo Luxúria Canibal

. Fernando Negrão

. "Ninguém mexe no ninho"

. Leonel Moura

. Anthímio de Azevedo

. Miguel Relvas

. Polémico e estranho "piri...

. Isaltino Morais

. Teresa Caeiro

. Carlos do Carmo

.Arquivos
.tags

. todas as tags

.Outros locais pouco recomendáveis
Website Counter
Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007
Leonel Moura
Artista Plástico
Segundo Leonel Moura, "em Portugal há tanta coisa feia que é difícil
destacar casos particulares. O reconhecido caos
urbanístico não é só culpa da construção
clandestina, da especulação imobiliária e das
ligações perigosas entre promotores e autarquias.
Muita da construção feita por arquitectos
encartados e promovida por empresas cotadas não é
menos horrorosa. Neste panorama destacaria cinco
exemplos genéricos e dois concretos".

1.  As pontes, na gíria chamadas ironicamente de
obras de arte, nas nossas estradas e
auto-estradas. Nunca se viu tanto matacão tão
bruto e sem o mínimo de sentido estético. Feitas
por engenheiros que pensam mais no cálculo do
betão do que na elegância do género ferem a vista
e a cultura a qualquer pessoa que viaje por Portugal.

2. As rotundas “embelezadas” pela chamada arte
pública. São um perigo para a condução e um
atentado à arte. Promovidas por autarcas sem
cultura estética são realizadas por artistas sem
o mínimo de noção do que é o espaço público. Para
que conste, pois correm alguns boatos sobre o
tema, até hoje só fiz uma única rotunda. Foi em
Cascais e era toda vegetal, relva, arbustos e
pequenas árvores. Era porque foi destruída pelo
actual presidente da Câmara e substituída por uma
nova toda em betão e ferro onde não cresce sequer
uma urtiga. O projecto esteve a cargo de duas arquitectas paisagistas…

3. As esquadras da PSP e da GNR. Cada uma mais
feia e decadente do que a outra são o sinal do
miserabilismo e da falta de cultura da nossa segurança pública.

4. Em Lisboa toda a zona portuária assim como a
linha de comboio de Cascais que cortam o acesso
ao rio. Não se percebe como uma cidade pode
desaproveitar uma situação urbana tão rara por esse mundo fora.

5. As sedes da Caixa Geral de Depósitos por esse
país fora. Muitas delas a armar ao moderno devem
ter sido projectadas em gabinetes em Lisboa sem
uma única ida ao local. São feias e destoam como
uma nódoa de vinho em toalha de linho branco. E
já agora a sede de Lisboa também não é melhor.

6. O Padrão dos Descobrimentos em Belém.
Monumento claramente fascista passa hoje por ter
alguma coisa a ver com a nossa identidade. Não
vejo como. Ao que me contaram José Augusto França
recolheu assinaturas para a sua demolição logo a
seguir ao 25 de Abril. Infelizmente não houve tempo nem coragem.

7. E por fim, embora não goste de dizer mal de um
colega, o conhecido “pirilau” do Cutileiro no
cimo do Parque Eduardo Sétimo é mesmo aberrante.
publicado por talequalmente às 14:04
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 27 de Fevereiro de 2008 às 20:32
essa do padrao dos descobrimentos ser fascista levarnos-ia a uma discução sobre a igreja de campo de ourique, todos os predio estado novo com frontoes em cima das portas etc ou seja. de acordo com este artista plastico a ideia seria apagar toda uma época. profundo disparate

Comentar post

.Escolha. Debata. Vote!
.Não fique calado!
Faça perguntas difíceis. Apresente as aberrações que conhece. Discuta e faça sugestões. Disponha sempre do nosso mail: equipatalequal@sapo.pt
.Aberração da semana


"Apeadeiro" do Oriente
.Vídeos sugeridos por leitores


Cristo Rei
.Cidadão-Jornalista

Sónia Caldas é a cidadã jornalista que nos mostra as "escadas improvisadas" de Agualva.

"Viver na Alta de Lisboa" é o nome do blogue bem informado desta seman que diz tudo.

Praia da Rocha
Aeroporto da Ota
Quarteira
.Aberrações mais populares

Av. da Liberdade em Lisboa

Construção desordenada na Costa da Caparica
Quarteira
.Procure aqui a sua aberração preferida
 
.O último "Tal&Qual"


Clique para ampliar