.Bem-vindo a Portugal no seu pior
Portugal não é só um país de maravilhas. Anda por aí muita coisa a precisar de arranjo: nódoas urbanísticas, atentados ao ambiente, estradas perigosas, poluição, espécies ameaçadas, etc. O "Tal&Qual" conta consigo para apontar as aberrações a precisar de acção mais rápida. Neste blog, pode consultar as escolhas de alguns convidados, indicar as suas, comentar, debater e até votar. Ajude-nos a chamar a atenção para o que está mal.
.Aberrações recentes

. Quarteira vence “As Grand...

. "O meu estádio é bonito"

. André Sardet

. Arons de Carvalho

. Paulo Andrade

. Adolfo Luxúria Canibal

. Fernando Negrão

. "Ninguém mexe no ninho"

. Leonel Moura

. Anthímio de Azevedo

. Miguel Relvas

. Polémico e estranho "piri...

. Isaltino Morais

. Teresa Caeiro

. Carlos do Carmo

.Arquivos
.tags

. todas as tags

.Outros locais pouco recomendáveis
Website Counter
Sexta-feira, 27 de Julho de 2007
Joanaz de Melo

Dirigente do grupo ambientalista Geota e professor universitário na área da Engenharia do Ambiente

1. Ponte Vasco da Gama pela má relação custo/benefício. Adiou 15 ou 20 anos a resolução do problema da travessia do Tejo.

2. Alqueva, pela má relação custo/benefício. O projecto tem virtudes, que é o controlo sobre o Guadiana, mas também aspectos negativos, uma vez que se trata de um projecto insustentável do ponto de vista económico e ecológico, baseado num conceito dos anos 50.

 

3. Os chamados projectos de interesse nacional usados para pôr em causa as regras de ordenamento do território, em que um dos exemplos é o Projecto Costa Terra, no litoral alentejano. A explicação de que um projecto é bom porque nele vão ser investidos vários milhões é uma má abordagem.

 

4. Três grandes áreas urbanas e suburbanas, pelos maus exemplos de ordenamento do território:

Área Metropolitana do Porto, a faixa litoral centro do Algarve e a Área Metropolitana de Lisboa

 

5. A destruição dos solos do Alentejo com as chamadas Campanhas do Trigo que decorreram na época do Estado Novo, mas cujos efeitos perduram e perdurarão ainda durante alguns séculos. O cultivo intensivo de cereais no interior do Alentejo, em terrenos não apropriados, roubou, nalguns casos, um metro de altura dos solos.

 

6. O projecto da barragem do Baixo Sabor, o único rio selvagem em Portugal. Este projecto foi “vendido” com o argumento de que evitaria a emissão dos gases prejudiciais ao efeito de estufa. Em termos económicos é ruinosa. Se o que se iria gastar, fosse investido em equipamento para poupar energia, permitiria uma poupança 10 vezes superior.

 

publicado por talequalmente às 12:42
link do post | comentar | favorito
.Escolha. Debata. Vote!
.Não fique calado!
Faça perguntas difíceis. Apresente as aberrações que conhece. Discuta e faça sugestões. Disponha sempre do nosso mail: equipatalequal@sapo.pt
.Aberração da semana


"Apeadeiro" do Oriente
.Vídeos sugeridos por leitores


Cristo Rei
.Cidadão-Jornalista

Sónia Caldas é a cidadã jornalista que nos mostra as "escadas improvisadas" de Agualva.

"Viver na Alta de Lisboa" é o nome do blogue bem informado desta seman que diz tudo.

Praia da Rocha
Aeroporto da Ota
Quarteira
.Aberrações mais populares

Av. da Liberdade em Lisboa

Construção desordenada na Costa da Caparica
Quarteira
.Procure aqui a sua aberração preferida
 
.O último "Tal&Qual"


Clique para ampliar