.Bem-vindo a Portugal no seu pior
Portugal não é só um país de maravilhas. Anda por aí muita coisa a precisar de arranjo: nódoas urbanísticas, atentados ao ambiente, estradas perigosas, poluição, espécies ameaçadas, etc. O "Tal&Qual" conta consigo para apontar as aberrações a precisar de acção mais rápida. Neste blog, pode consultar as escolhas de alguns convidados, indicar as suas, comentar, debater e até votar. Ajude-nos a chamar a atenção para o que está mal.
.Aberrações recentes

. Quarteira vence “As Grand...

. "O meu estádio é bonito"

. André Sardet

. Arons de Carvalho

. Paulo Andrade

. Adolfo Luxúria Canibal

. Fernando Negrão

. "Ninguém mexe no ninho"

. Leonel Moura

. Anthímio de Azevedo

. Miguel Relvas

. Polémico e estranho "piri...

. Isaltino Morais

. Teresa Caeiro

. Carlos do Carmo

.Arquivos
.tags

. todas as tags

.Outros locais pouco recomendáveis
Website Counter
Sexta-feira, 15 de Junho de 2007
Já estamos na corrida

Por isso convém informar os nossos visitantes que a lista das aberrações já ultrapassa o Cristo Rei.

Para terem uma ideia, as paredes do Bairro Alto estão no topo da lista de um dos nossos entrevistados. Ferreira Fernandes do Diário de Notícias diz o seguinte:

1.       As paredes do Bairro Alto, com essa coisa feita por analfabetos, os graffiti.

2.       As paredes do Bairro Alto, com essa coisa defendida por agentes culturais analfabetos, os garatujos.

3.       As paredes do Bairro Alto, lixeira de alguns que revelam a cobardia de todos.

4.       As paredes do Bairro Alto, porque sendo um crime tão feio, é tão simples de resolver (umas galhetas, umas multas, fecho de lojas de bandidos que vendem sprays a criminosos).

 

tags:
publicado por talequalmente às 19:47
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De talequalmente a 15 de Junho de 2007 às 20:36
Vergonhoso, de facto. Sem contar com o "urinol" público em que se transforma durante a euforia nocturna.
De Nuno Cargaleiro a 15 de Junho de 2007 às 20:46
Puxando a braza à minha sardinha (em matérias do blog que possuo), uma das maiores aberrações "físicas" é a transformação constante de antigos cinemas e teatros em edifícios que nada têm a ver com a cultura que trazemos, mas com uma massificação de consumismo e frieza. Sejam hoteis, centros comerciais, cinemas porno, ou parques de estacionamento, destroem-se memórias, perdem-se referências, sem uma preocupação de reconstrução de novas. Ignora-se a cultura, criam-se "guetos" elitistas e contribuem em criar uma massa com tendência a estupidificarem-se... digo eu!...
De Sofia Gonçalves a 17 de Junho de 2007 às 17:35
Desculpem mas não pude deixar de rir com os comentários que Ferreira Fernandes escreveu.Sinceramente não me posso pronunciar porque ha anos que não vou ao Bairro Alto.Mas penso que há coisas piores
De joao_azm a 17 de Junho de 2007 às 19:48
Caros amigos não se preocupem que´isso é tudo um plano da Al-Quixeda-da-Carnota. O objectivo é desmoralizar os habitantes da cidade, principalmente os do Bairro Alto para poderem instalar uma base de misseis de cuspo contra a baixa pombalina. Afinal quem é que já não achou piada em ficar com os pés colados ao chão com pastilhas elásticas, ou tropeçar em garrafas caidas no chão? Aquele Bairro alto vai ser mais uma conquista!!
De Lopez a 17 de Junho de 2007 às 22:44
É verdade, uma vergonhosa "montra" . Tolerância zero aos vândalos !

Comentar post

.Escolha. Debata. Vote!
.Não fique calado!
Faça perguntas difíceis. Apresente as aberrações que conhece. Discuta e faça sugestões. Disponha sempre do nosso mail: equipatalequal@sapo.pt
.Aberração da semana


"Apeadeiro" do Oriente
.Vídeos sugeridos por leitores


Cristo Rei
.Cidadão-Jornalista

Sónia Caldas é a cidadã jornalista que nos mostra as "escadas improvisadas" de Agualva.

"Viver na Alta de Lisboa" é o nome do blogue bem informado desta seman que diz tudo.

Praia da Rocha
Aeroporto da Ota
Quarteira
.Aberrações mais populares

Av. da Liberdade em Lisboa

Construção desordenada na Costa da Caparica
Quarteira
.Procure aqui a sua aberração preferida
 
.O último "Tal&Qual"


Clique para ampliar